O Keches Law Group alcançou os dois maiores veredictos em Massachusetts em 2020 e 2021


Entre em contato:

Classificação no Google
4.9
Baseado em 113 comentários

Charlotte E. Glinka

Parceiro

Charlotte Glinka é sócia da Keches Law Group, P.C. e uma das litigantes sênior do departamento de danos pessoais da firma, que desenvolveu uma reputação de sucesso em todo o estado. "Temos uma equipe talentosa, experiente e bem integrada de pessoas que trabalham duro para alcançar os melhores resultados para nossos clientes", diz a Sra. Glinka. "Nossos clientes são pessoas que sofreram lesões catastróficas ou a perda de um ente querido, e é nosso objetivo tentar trazer uma medida de justiça compensatória para suas vidas". A Sra. Glinka trata de todos os aspectos do litígio de danos pessoais e do trabalho de julgamento dos demandantes nos tribunais estaduais e federais, incluindo Acidentes de Construção, Responsabilidade por Produtos, Responsabilidade Premissa, Negligência Médica, Negligência de Enfermagem, e uma ampla gama de casos de responsabilidade geral. Vários casos de sucesso da Sra. Glinka foram relatados no Massachusetts Lawyers Weekly e em outras publicações legais notáveis.

A Sra. Glinka é ex-presidente (2014-15) da Academia de Advogados de Julgamento de Massachusetts (MATA), a maior organização de advogados de julgamento de queixosos do estado. Ela também é membro da Associação Americana para a Justiça e da Ordem dos Advogados de Massachusetts. Ela participa de programas educacionais e seminários em todo o estado para advogados, estudantes de direito e o público em geral. A Sra. Glinka recebeu a distinção de ser nomeada pela Boston Magazine como uma das Super Advogadas do estado de 2006 a 2019 e pela Lawyers Weekly como uma das Top Women of Law em 2014. A Sra. Glinka foi admitida na Ordem dos Advogados de Massachusetts em 1991. Ela é formada pela Rutgers University e pela Faculdade de Direito da Universidade de Suffolk, onde foi editora-chefe da Suffolk Transnational Law Review, vencedora dos concursos do 1º e 2º ano do Moot Court, do 3º ano do concurso Mock Trial, e ganhadora do prêmio Harold B. Goodwin, Jr. de bolsa de estudos para advocacia de julgamento.

Charlotte E. Glinka

Avaliado por Super Advogados

carregamento ...

 

Educação

J.D., Faculdade de Direito da Universidade de Suffolk, Boston, Massachusetts, 1991

  • Harold B. Goodwin Jr. Scholarship for Trial Advocacy, 1991
  • 1º e 2º Anos do Concurso Moot Court, 1988, 1989
  • Vencedor, 3º Ano do Concurso de Julgamento Falso, 1990
  • Transnational Law Review, Membro, 1989 - 1990
  • Transnational Law Review, Editor-in-Chief, 1990 - 1991

B.A., Rutgers University, New Brunswick, New Jersey (Com Honra)

Jurisdições

Admitido na Prática de Massachusetts, 1991
Tribunal Distrital dos EUA Distrito de Massachusetts, 1992
Tribunal de Apelação dos EUA 1ª Vara, 2009

Decisões notáveis
DiCarlo v. Suffolk Construction Co. e Martin v. Angelini Plastering, Inc., 473 Mass. 624 (2016).

Esta decisão da Suprema Corte Judicial de Massachusetts declarou que um transportador de indenização de trabalhadores não pode recuperar sua dívida em um caso de terceiros contra os valores alocados para os danos causados pela dor e sofrimento de um reclamante.

Obras Publicadas

  • "The Jury Selection Process and Attorney-Conducted Voir Dire", MCLE Superior Court Civil Practice Manual, 4ª ed., 2017.
  • "The Ethical Dilemma Presented by Confidential Settlements", Jornal MATA, abril de 2014.
  • "The Ahlborn Case and its Implications for Medicaid Recoveries in Massachusetts" (Co-Author), Massachusetts Bar Association Section Review, Vol. 9, No. 1, Winter, 2007
  • "Medical Negligence Spotlight", Bristol County Bar Association Newsletter, Fall, 2006
  • "Hot Tips & Traps for the Unwary at the Discovery Stage" (Dicas e armadilhas quentes para os incautos na fase de descoberta): The Effect of Lost, Misplaced or Destroyed Evidence and the Spoliation Doctrine" (Co-Autor), MCLE, Abril, 1993
  • "Global Imperative": An Effective System for Resolving International Environmental Disputes", Suffolk Transnational Law Review, Fall, 1990
  • "Explaining Pain" (Co-Author), Revista Trial, Novembro, 1994

Emprego passado

  • Sugarman e Sugarman, P.C., Associado, 1991 - 1995